Ser adulto enche o saco...

By 7:04 PM

Nesse último final de semana me peguei pensando "Porque diabos eu simplesmente não fui morar em um motel/hotel?". Pensem, se vc dividir uma parcela de R$1,800 de financiamento em 30 dias, vc terá aí um gasto diário de mais ou menos R$60, mas aí vc acrescenta uma coisa aqui, outra ali e claro, tem sempre aquela continha que vc se esqueceu que aparece no seu pior momento financeiro. Mas, se morássemos em um motel/hotel, além da diária, vc não teria que pagar conta de luz, água, condomínio, não precisaria se preocupar com o vazamento vindo do banheiro do vizinho ou com a infiltração de água pela rachadura da janela ou até mesmo com a mão de tinta péssima feita pelo antigo dono. A única coisa com a qual vc terá que se preocupar é com a comida, que poderá ser caviar diariamente se vc não tiver que pagar os 91859185915 reais nas demais contas rotineiras que todos temos.

Ok, brincadeiras a parte, porque sim, eu sei não há nada como ter sua casa, seu sofá, seu sossego e etc, mas meu, é muito chato ser adulto e se dar conta de que a nossa vida se resume basicamente em trabalhar e pagar contas, logo mais, seremos taxados até pra darmos um peido. É tudo muito caro nesse mundo. Hoje mesmo, fui ao mercadinho repor algumas coisas que precisava em casa e, BUM, 80 reais. Quase bati na pobre da caixa porque ela me pegou em um dia meio estranho, pra não dizer outra coisa. E o pior foi chegar em casa e ver que ao invés de pegar o papel higiênico genérico, acabei pegando o Neve feito de ouro, por acidente. Tá vendo? A vida adulta é chata, tem que se preocupar com a marca do papel higiênico, com o limite do cartão de crédito, e se não bastasse tudo isso, ainda tenho que me preocupar com dieta, colesterol, tireoide. CHEGA! Enche o saco.


O pior é ainda ver gente postando no facebook sobre as roupas que as pessoas usam na rua. "Ah, porque fulana usa bota no calor, porque ciclana usa calça amarela, porque beltrano tem dois pênis". Agora me digam, sério, PORQUE diabos eu vou me importar e ficar fazendo questão de postar again and again sobre a roupa que sabe-se lá Deus quem, veste? Claro que todo mundo repara no modelito brega dos outros, mas qual a necessidade em ficar relembrando isso toda hora? Dá uma vontade imensa de explodir todos os computadores do planeta, ou então, quem sabe eu não devesse enviar alguns dos meus boletos pra essas pessoas, talvez assim elas tenham algo mais com o que se preocuparem.

E ah, chega de escrever. Au revoir.




You Might Also Like

2 comments