Friends will be friends

By 6:41 PM

Hoje resolvi encarar a aventura de ir a um restaurante vegetariano. É uma aventura pra mim pois não sou muito fã de vegetais, sempre tive o péssimo hábito de me destruir com frituras e porcarias em geral. Mas quando me fizeram o convite, pensei que era hora de deixar a frescura de lado e fui.
E até que gostei, nem tanto pela comida - que era péssima, mas pela compania.
Hoje cheguei à conclusão de que não há nada melhor do que amigos. Aqueles com quem vc só se comunica com o olhar e que te fazem rir mesmo que seu dia tenha sido péssimo.

Eu devo dizer que onde trabalho, o estresse e a tensão são imensos, mas sempre que sento na sala dos professores, me sinto em casa. Há cerca de uns 30 professores na escola, e embora seja um número grande, há aquela contínua sensação de estarmos em família. Conversamos sobre tudo, nos xingamos, rimos dos alunos infâmes, saímos juntos pra encher a cara e sentimos nossos corações partidos quando um dos membros da grande família vai embora.

Depois da aventura, o grupo se dividiu, alguns foram pra casa dar início aos afazeres diários e eu, com mais outros dois, fomos ao shopping. E por lá ficamos andando por horas, rindo, namorando as roupas caras nas vitrines e comendo mais besteiras. E quando demos conta, já era quase 6 da tarde. A hora sempre passa voando quando estamos com companias agradáveis, né?
Agora estou de volta em casa, com uma imensa vontade de sair, embora meu bolso seja contra a idéia, afinal, já gastei tudo o que podia e não podia nas últimas semanas. Pois é, vida de professor não é fácil.

Provavelmente passarei a minha noite de sábado deitada na cama, comendo chocolate e começando alguma outra série sobre vampiros. Nada melhor do que vampiros sedutores e estimuladores de serotonina pra encerrar o dia, não é?

Anyway, that's all folks. Foi mais um post sem graça, mas tem me faltado inspiração nos últimos dias.

You Might Also Like

0 comments