Bagunça, no more!

By 1:53 PM

E 2012 começou com um lado meu que eu não sabia que existia. Um lado que consegue ser organizado, independente, se virar nos 30 e fazer as coisas acontecerem.

Esse ano eu resolvi levar meu trabalho mais a sério, não que eu não levasse antes, mas eu apenas fazia o que tinha que ser feito e nunca dava um passo adiante pra tentar inovar ou dar um "up" na minha carreira. Acho que talvez por sempre acreditar ser um trabalho com data de validade, que em algum momento eu teria que escolher algum outro caminho - e talvez eu tenha mesmo, afinal, do amanhã ninguém sabe - mas, hoje as coisas estão indo super bem e conclui que era hora de deixar o medo de lado e investir um pouco mais no que faço. E então, desde o começo do mês, venho fazendo uma coisinha aqui e outra ali e, tenho que admitir que não há nada melhor do que ver tudo evoluindo e mais do que isso, ver o quão longe vc pode ir se realmente quiser. E a melhor parte é que nesse processo, eu pude contar com uma ajudinha mais do que extra de alguém especial, que digamos ter sido o ponto chave pra que esse meu "novo eu" despertasse.


E além disso, descobri que eu preciso me organizar mais. Acho que a desorganização sempre foi um dos principais vilões em vários ramos da minha vida, eu sempre tive o péssimo hábito de largar as minhas coisas todas jogadas pela casa, carro, guarda-roupa e, embora eu consiga me encontrar em minha própria bagunça, há sempre algo que é engolido por um buraco negro e nunca mais aparece. Carregadores de celular, livros, documentos, papelada de trabalho e etc, etc, etc. E a desorganização também se estende pro meu computador, meus arquivos sempre ficam todos espalhados por várias pastas e as vezes eu sequer me lembro do que tenho guardado, o que é um saco, principalmente quando preciso de algum material extra pra uma aula e perco mais de 30 minutos tentando encontrar o maldito arquivo.
Só eu sei o quanto será difícil me policiar e parar de largar tudo espalhado por aí, mas vou tentar adotar algumas medidas que facilitem o processo, como por exemplo, reservar um armário ou um espaço no meu quarto pra que eu possa guardar tudo o que uso pra trabalhar. É um começo, né? Se minha mãe e irmã lessem esse post, elas morreriam de rir, deveras.

You Might Also Like

2 comments