Insônia...

By 7:46 AM

Como dormir é pros fracos, cá estou eu escrevendo mais um post as 7 da manhã. Ontem eu tive um dia...cômico. Tive que quase madrugar pra poder ir até a clínica fazer a endoscopia que havia agendado. Tive que levar a pobre da minha mãe junto, pois é obrigatorio um acompanhante para o exame. Então, fomos eu e ela, com um sono épico, caras amassadas, e aquele mau humor básico.

Ao chegarmos na clínica, fomos rapidamente atendidas. O médico me chamou pra uma salinha pequena com uma maca e alguns equipamentos ao lado, não era a primeira vez que eu fazia endoscopia, mas tinha ficado traumatizada depois da minha última experiência em que a enfermeira aplicou o sedativo na pele ao invés de na veia. Consequência? Uma hematoma preta com 20 cm de extensão por mais de 1 mês. Mas, o senhorzinho de cabelo branco de ontem era super simpático e aos poucos foi fazendo com que meu medo passasse. Ele explicou todo o procedimento e eu sorria e assentia com a cabeça quando na verdade queria dizer "Vai logo, porra", e então ele me deitou na maca, espirrou um remédio na minha garganta com aquele gosto delicioso que todos os remédios tem e aplicou o calmante na minha veia, Em poucos segundos, minha vista foi ficando turva e meu corpo amoleceu. A ajudante me virou de lado e depois disso, tudo foi um blank. Pois é, não me lembro de absolutamente nada. E depois, ao passar o efeito do calmante, minha mãe me contou das coisas que aconteceram após o exame, que cheguei até a conversar com ela durante o caminho de volta, que inclusive indiquei que ela pegasse uma rua, mas porra, eu não lembro de nada. 1 hora misteriosa da minha vida. Mas eu concluí que quero um brinquedinho daquele pra tomar em casa, imaginem que maravilha vc simplesmente injetar algo na sua veia e segundos depois, estar em Nárnia? Se algo do tipo fosse comercializado mais facilmente, eu provavelmente estaria dormindo agora e não postando esse texto completamente non-sense e boring.

E a noite, fui trabalhar e combinei de sair com uns amigos depois da aula. Porém, peguei o trânsito mais caótico EVER. Demorei 1 hora pra percorrer um trecho de 500 metros, que normalmente não levaria mais do que 5 minutos.
E amigos, ficar no trânsito é uma das coisas mais chatas do mundo. Eu olhava pra um lado, carros, pro outro, mais carros e sempre tem aquele babaca que fica buzinando. O motorista ao meu lado percorria as mãos pelos cabelos em demonstração de total impaciência, outros esfregavam os rostos ou recostavam a cabeça no banco e fechavam os olhos por alguns segundos. E eu? Bem, eu ouvi 900 vezes o mesmo CD da Lady Gaga, chegou em um momento em que eu estava quase arremessando-o janela afora. Haviam momentos em que eu sentia vontade de acelerar e arriscar um strike, em outros, eu tinha vontade de abrir a porta do carro e sair correndo gritando, mas fiquei sentada ali batucando o volante com os dedos e me distraindo com a internet do celular. No fim, cheguei em casa pra lá de irritada, acabei não saindo com os amigos e ainda tive uma madrugada que rotularei de "Blá".

Durante a madrugada, acredito que alguns pingos tenham sido colocados nos is, ou não. Mas então, antes de escrever o post, me chateei ao ver que não levou nem 24 horas pra que meu pedido fosse ignorado. Aí, eu me pergunto, porque?

Agora é hora de aproveitar o feriadão e deixar o que nos aflige pra trás. Pretendo ir ao parque Ibirapuera pra andar de bicicleta e comer algodão doce, finalmente comer e me lambuzar com fondue de chocolate e assistir a uma comédia qualquer no cinema com muita pipoca e manteiga.

Anyway, have a nice holiday, guys.

You Might Also Like

2 comments