Porque as pessoas traem?

By 5:57 PM


Eu estava pensando hoje, porque as pessoas traem?

Eu, por exemplo, tive um relacionamento que tinha tudo pra ser ótimo. Eramos parecidos em muitas coisas, nos davamos bem, mas, mesmo assim, não pareceu ser o suficiente. Ele me traiu centenas de vezes, e chegou num ponto que eu simplesmente não conseguia acreditar mais nele e por fim, tudo se acabou.

Quando falo em traição, não me refiro apenas ao contato físico. No meu ponto de vista, há várias formas de se trair alguém. Acho que quando fazemos algo e tentamos esconder é porque no mínimo não é certo, se fosse certo, não haveria porque fazer na surdina, e se não é certo e vc faz mesmo assim, já é uma traição. Uma traição a lealdade e a credibilidade que aquela pessoa colocou em vc.
Eu sempre achei engraçado que por milhares de vezes, peguei "coisinhas" que meu ex-namorado fazia, conversas cujos conteúdos eram de baixissimo calão e então, quando o confrontei a respeito, ele me disse "Não é traição, eu nunca te trai. Isso não é nada demais". Mas será que não era mesmo? Afinal, é necessário haver sexo pra que só então seja rotulado como traição? Com isso, todo o resto que for feito é perdoável porque "não aconteceu"? NÃO! Porque aconteceu sim, aconteceu porque meu ex não mandava torpedos e nem conversava via MSN com robôs, haviam pessoas do outro lado da linha e do monitor, pessoas que o desejavam e que ele também desejava. E isso foi uma traição a confiança que eu havia depositado nele, pois nos dias em que ele não me ligava e eu pensava "Ele está dormindo", ele na realidade estava no telefone com outra mulher "não acontecendo nada" ou no MSN marcando encontros que também "nunca aconteceram", porque acontecer já seria traição, mas o ato de marcar o encontro, não. Come on.

Eu sei que não sou perfeita, mas sei que nunca fiz nada pra merecer ser traída. Eu sempre respeitei o espaço das pessoas, não sou grudenta, não ligo o tempo todo, nunca fui inconveniente, sempre tentei fazer pequenas surpresas pra manter o relacionamento forte, sempre tentei respeitar o tempo dos outros e não apressar as coisas, sempre fui mente aberta em relação a quase tudo. Sempre me vesti bem, me perfumei, e sei que muitas mulheres por aí também são assim, mas nunca é o bastante. Não importa o quão ótima vc seja, se eles tiverem a chance de jogar tudo fora pela irmã gostosa (ou irmão gostoso) do melhor amigo ou pra um "revival" com um caso antigo, eles(as) jogarão.

E estou escrevendo esse post porque hoje recebi uma ligação que me deixou muito triste.
Há relacionamentos nos quais nos espelhamos, que olhamos e pensamos "Poxa, que coisa mais linda, espero um dia viver algo assim", mas então, vem a filha de uma puta da vida de novo e te mostra que a realidade é bem diferente. Uma pessoa muito querida que acreditou ter o relacionamento perfeito, descobriu hoje que não é imune às pessoas nojentas que habitam esse mundo. Seu namorado começou a agir de forma estranha do nada, o que a fez acreditar que havia algo de errado, então, na tentativa de buscar respostas, ela as encontrou, salvas no email do rapaz. E, o conto de fadas se transformou em um filme de terror.
Eu fiquei muito chateada e puta, primeiro porque odeio ver pessoas que gosto sofrendo e também por saber que ela está longe de ser perfeita, mas que mesmo em sua imperfeição, ela fez o possível e o impossível pelo cara, o ajudava com dívidas, era 200% parceira dele, lhe cedia o ombro quando ele precisava e também lhe oferecia ótimos momentos a dois quando tudo estava bem, a família dela o tratava como um filho, mas mesmo assim, ele se prendeu às imperfeições dela, que nem eram tantas assim, e ao invés de honrar suas bolas e tentar resolver tudo de maneira decente, ele escolheu a saída mais fácil. Porque todos escolhem a saída mais fácil? Todos temos aquela voz dentro de nós que nos diz "Isso não é certo", e mesmo cientes disso e cientes do que a escolha final poderá lhes custar, eles sucumbem à luxúria e seja o que Deus quiser.

Quando os homens entram em um relacionamento, geralmente abdicam daquela vida super popular e rodeada por mulheres (menos no meu caso), e tal abdicação não deveria importar, pois na minha visão, se vc opta por namorar uma mulher específica, é porque ela tem o diferencial, e ter aquela mulher linda ao seu lado que se aconchega nos seus braços todas as noites e que cancela os compromissos de um sábado só pra levá-lo ao hospital é o que deveria lhes dar prazer, mas não, ser popular e gostosão é o que realmente faz a diferença. O que importa é quantidade, não qualidade. Encontrar os amigos pintos pequenos em um bar pra dizer "Caralho, eu comi aquela loira da faculdade, ela é boa pra cacete" pra então, alguém perguntar "Mas e a sua namorada, meu?" e o cara dizer, se achando o mais FODA do mundo "Ah, ela estava lá na casa dela, lendo um livro, amanhã eu levo um bombom pra ela e fica tudo bem". Vai tomar no cú.
Não se esqueçam, seus imbecis, que os anos passam, um dia, vcs terão paus murchos, a cara enrugada, uma pança enorme de cachaça e aquelas meninas de antes, prestarão atenção em vcs apenas pra dizer "Nossa, que tiozão horrível" e nesse dia, vcs olharão pra trás e pensarão em nós, naquelas meninas lindas, inteligentes, cheirosas, que vcs maltrataram e desdenharam, mas quando esse dia chegar, elas já estarão a mil anos luz de vcs e aí, quando elas deitarem pra dormir encolhidas nos braços do cara que realmente as mereceu, vcs deitarão sozinhos, tendo que apelar sempre pro prostíbulo no fim da rua ou pro 5x1, e sem ninguém pra te desejar boa noite ou pra te dar um beijo de bom dia. O mundo dá voltas, nunca se esqueçam disso.

É patético viver em um mundo em que ninguém mais se respeita, em que tudo é construído em cima de mentiras e traições. É ridiculo vc se dedicar tanto a alguém que vc ama e que achou que te amava pra então descobrir que nas horas livres, ele entra no MSN pra dizer que adora a ex-namorada e tentar convence-la a encontrá-lo ou então pra que em uma tarde linda de domingo, vc descubra que ele passou as últimas semanas fazendo juras de amor a uma outra mulher enquanto te tratava como lixo. Dá nojo ter que viver no meio de gente assim. É por essas e outras que eu realmente gostaria de ser eremita.

Esse é um post fictício, qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência.

"Love is patient and kind; love does not envy or boast; it is not arrogant or rude. It does not insist on its own way; it is not irritable or resentful; it does not rejoice at wrongdoing, but rejoices with the truth. Love bears all things, believes all things, hopes all things, endures all things. Love never ends."

You Might Also Like

0 comments